Cruz Vermelha Brasileira – Minas Gerais

CONTRATE UM JOVEM TRABALHADOR

O programa é desenvolvido no estado de Minas Gerais desde 1974, trazendo para os adolescentes em situação de vulnerabilidade uma nova perspectiva de vida, por meio de sua inclusão e promoção. Previne a ocorrência de situações de risco social, a partir da inclusão produtiva, na expectativa de um novo projeto de vida para esse público, pautado na defesa de seus direitos conforme preconiza a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais.

O programa é desenvolvido no estado de Minas Gerais desde 1974, trazendo para os adolescentes em situação de vulnerabilidade uma nova perspectiva de vida, por meio de sua inclusão e promoção. Previne a ocorrência de situações de risco social, a partir da inclusão produtiva, na expectativa de um novo projeto de vida para esse público, pautado na defesa de seus direitos conforme preconiza a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais.

Critérios para a contratação junto a empresas e instituições conveniadas: A legislação prevê que o adolescente tem direito à profissionalização e à proteção no trabalho, que não deve ser realizado em locais prejudiciais à sua formação, ao seu desenvolvimento físico, psíquico, moral, social e em horários e locais que não comprometam a devida frequência escolar. (Consolidação das Leis do Trabalho, 1943 e Brasil, 1990).

Após obterem a certificação no Curso de Capacitação para o Trabalho, os jovens podem ser inseridos no mundo do trabalho, junto a empresas e instituições conveniadas, na modalidade de Jovem Trabalhador.

Todos os adolescentes contratados têm seus direitos trabalhistas e previdenciários assegurados.

Essa oportunidade proporciona aos adolescentes o desenvolvimento pessoal e profissional tendo mais autonomia e pensamento crítico para realizar as suas escolhas.

Para ser jovem trabalhador da Cruz Vermelha Brasileira-MG é necessário que o adolescente tenha feito inscrição e passado pelas etapas de análise socioeconômica, triagem psicológica e um Curso de Capacitação para o Trabalho que tem a duração de 10 dias. Dessa maneira, podemos preparar o adolescente para o mercado de trabalho antes de ser encaminhados para as entrevistas.

A matrícula e frequência escolar são requisitos obrigatórios para a inserção e permanência no Programa Ação Jovem.

O adolescente precisa ter no mínimo 16 anos para ser contratado e terá seu contrato até os 18 anos. Entretanto para se inscrever é necessário ter entre 15 anos e 16 anos e 5 meses.

Além da oportunidade de estudar uma profissão e colocá-la em prática, o programa Ação Jovem é a chance de primeiro emprego de muitos adolescentes e jovens do país. Eles também recebem um salário, vale-transporte, refeição, direito às férias, contribuição para o INSS e tudo mais.
A carga horária do jovem trabalhador poderá ser de 4, 6 ou 8 horas.
A remuneração será baseada no cálculo proporcional a sua carga horária, tendo como base o salário mínimo.

A contratação do jovem trabalhador deve ser formalizada através de contrato de trabalho escrito, com devida anotação em CTPS e no livro de registro de empregado.

O empregador, sempre que alcançado pela obrigação legal, também deverá prestar informações nos sistemas informatizados administrados pelo Governo Federal (atualmente, vale mencionar o e- Social e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados- CAGED).

A contratação do aprendiz deve ser formalizada através de contrato de trabalho escrito, com devida anotação em CTPS e no livro de registro de empregado.

O empregador, sempre que alcançado pela obrigação legal, também deverá prestar informações nos sistemas informatizados administrados pelo Governo Federal (atualmente, vale mencionar o e- Social e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados- CAGED), identificando o empregado como aprendiz.

Ao contratar um jovem trabalhador da Cruz Vermelha Brasileira, a empresa terá um adolescente comprometido em cumprir com as regras e obter um crescimento pessoal e profissional auxiliando a empresa na entrega das atividades. As empresas parceiras contam com uma equipe multidisciplinar de educadores, psicólogos e assistentes sociais para fazer o acompanhamento funcional desse jovem em busca dos melhores resultados. Além de todas essas vantagens, a empresa tem a possibilidade de efetivar esse adolescente, ter um profissional treinado e capacitado em sua equipe e contribuir para a inclusão de jovens em vulnerabilidade social no mercado de trabalho, além de contribuir para que o índice de evasão escolar diminua .