Cruz Vermelha Brasileira – Minas Gerais

Grupo Aconchego comemora 10 anos de união, aprendizado e carinho

A Cruz Vermelha nasceu em meio à guerra. Há mais de 160 anos. A muitos quilômetros de distância do Brasil, após uma guerra no coração do Itália, com o compromisso de auxiliar as pessoas vulneráveis, atingidas pelos conflitos armados. O movimento se espalhou por todo o mundo e hoje está em diversos estados brasileiros, como Minas Gerais. Onde não há oficialmente nenhuma guerra, mas onde a vulnerabilidade ainda existe, e algumas pessoas ainda precisam de amparo, assistência e acolhimento.

Há exatamente 10 anos atrás, a Cruz Vermelha Brasileira – Filial Minas Gerais decidia que a população idosa de Belo Horizonte, especialmente aquela em situação de abandono e risco social, estaria entre os seus públicos preferenciais. Nascia ali o Grupo Aconchego da Terceira Idade, que completa a sua primeira década com o desafio do distanciamento social, na pandemia da Covid-19, mas com a força das amizades e dos vínculos que foram formados ao longo desse tempo. Cerca de 100 idosos e idosas são contemplados atualmente pelo projeto.

Segundo a coordenadora de Serviço Social da Cruz Vermelha em Minas, Cláudia Machado, o Aconchego ultrapassou a sua função como projeto de assistência e transformou-se em um espaço de referência para as relações pessoais, a saúde emocional, o pertencimento dos participantes: “Temos uma equipe multidisciplinar que atua com as áreas da psicologia, a educação física, inclusão digital, voluntários com palestras e oficinas de nutrição saúde da pessoa idosa, cidadania, direitos e legislação. Mas o principal, sem dúvida é o espírito de família, de trocas e identificação entre todas as pessoas que participam”, afirma.


Durante a pandemia, quem participa do Grupo Aconchego têm recebido materiais para atividades em casa, além de ligações e do acompanhamento da equipe da Cruz Vermelha. Recentemente, o grupo também começou a se reunir virtualmente, por meio das plataformas digitais. Em comemoração aos 10 anos de aniversário, a Cruz Vermelha também está encaminhando, para casa das pessoas participantes, máscaras de proteção e um livro de presente.



PALAVRAS-CHAVE

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email